10 Coisas pra você fazer nas primeiras 24h da sua trip.

Uma vez que você finalmente colocou as malas no seu destino, as próximas 24 horas da sua viagem podem ser emocionantes e completamente desastrosas. Lembrar de fazer algumas coisas importantes antes de começar verdadeiramente a sua viagem pode ser a diferença para se ter uma viagem irada. Aqui estão 10 dicas para diminuir um potencial desastre nas primeiras 24 horas da sua viagem.

1. Logo na entrada, planeje sua saída.

O melhor momento para descobrir a saída mais rápida e fácil da cidade é o momento da entrada. Depois de sair de um avião, por exemplo, dê uma olhada nas lojas próximas e guichês do aeroporto e observe a distância entre os aluguei de carro para o terminal. Observe também um bom lugar para reabastecer o carro antes de retornar seu carro à locadora. Quando efetuar o check-in no hotel, pergunte os horários de check-out e veja se pode sair sem parar na recepção.

2. Procure algum alimento.

Uma das primeiras coisas que a maioria dos viajantes precisará fazer ao chegar em um novo lugar é comer, e muitos acabam agarrando tudo o que estiver disponível, seja serviço de quarto ou fast food. Mas com sites e aplicativos de listagem, você pode conseguir isso facilmente. Quando estiver a caminho da cidade faça uma rápida pesquisa para encontrar um restaurante decente e próximo para a sua primeira refeição. Muitas vezes você está cansado e com fome, por isso não está pronto para ir a esse ótimo lugar. Mas também não quer gastar tempo procurando por algum lugar e acaba comendo porcaria porque você está cansado e com fome e só quer comida.

 3. Ajuste seu relógio

Se você mudou os fusos horários enquanto viaja, você vai querer assumir os ritmos diários da nova zona imediatamente, até o tipo de alimentos que você come. Se é de manhã, vá tomar chá ou café e alimentos para café da manhã (panquecas, bolos, etc.); se é tarde, faça um jantar adequado; Se é noturno, talvez um coquetel e um lanche. Não sucumbir ao desejo de manter sua agenda antiga, especialmente para seus hábitos mais enraizados – o que pode te levar a ter problemas intestinais.

4. Saia para o lado de fora do hotel

Quando você visita um novo lugar, a luz é diferente, o ar é diferente e todo o seu senso do mundo pode ser diferente. Depois de passar horas em aviões, aeroportos, ônibus e garagens de aluguel de carros, guarde todas as suas coisas e saia da porta. Faça isso de novo na manhã seguinte à sua chegada; Entregando-se à luz solar, alerta seu cérebro e seu corpo a que horas do dia é, e deixa-os saber que você não está mais dentro de um avião e está pronto para se divertir.

5. Carregue seus eletrônicos

Quando você chega no seu quarto, a primeira coisa que deseja fazer é carregar todos os seus dispositivos eletrônicos, certifique-se de poder conectá-los se estiver viajando internacionalmente e colocar uma carga total sobre eles. Se você precisar de adaptadores, você vai querer resolver isso no início da sua viagem;

6. Tirar fotos

Pegue uma câmera,  você nunca sabe quando você vai ver alguma paisagem linda pelo caminho.

7. Proteja seus objetos de valor

Se você estiver viajando com itens especialmente valiosos, assegure-os imediatamente após a chegada, seja no cofre no seu quarto ou enterrado profundamente em suas meias, mas resolva isso antes de sair para as aventuras.

8. Deixe alguém saber que você chegou e onde você está

Especialmente se você está viajando sozinho, é uma boa ideia deixar alguém perto de você saber que você chegou com segurança. Você também deve informar-lhe como entrar em contato com você se necessário (telefone do hotel e número do quarto, seu endereço de e-mail de viagem preferido, seu número de celular, se você estiver usando, etc.).

9. Verifique o clima

Parece quase tão simples, mas inúmeros viajantes ficam emboscados com o mau tempo, e uma verificação climática pode realmente ajudar seu planejamento geral. Verifique a previsão de longo prazo para a sua estadia, que irá ajudá-lo a decidir quando agendar atividades ao ar livre versus indoor, se você precisará pegar acessórios que você não embalou e como lidar com eventos meteorológicos realmente degradados .

Você tem tudo o que você precisa fazer nas primeiras 24 horas de uma viagem? Deixe-nos saber nos comentários!

10. Compre o que foi esquecido

Logo que você chegar, se sentir falta de algo, já procure o melhor lugar para comprar e resolver a situação. Não deixe para o momento que você realmente precisar, pois você poderá perder tempo em momentos que não se deve perder tempo.

Bjin

Carol

Texto adaptado do site https://www.smartertravel.com/2017/06/19/10-things-first-24-hours-trip/

Como criar um plano de viagem clean em 10 passos

Este texto foi escrito por uma viajante independente e que pretende ajudar viajantes com o mesmo perfil. Se não atende suas expectivas, fique à vontade para fazer suas próprias alterações. 🙂

1.  ESCREVA O OBJETIVO DA VIAGEM

Qual o objetivo da viagem?  Relaxar o corpo? Aventura? Rever amigos? Eu vou viajar por que? Parece idiota a pergunta né? Mas a resposta vai te dar um retorno irado de como planejar melhor tudo. Mesmo que você não coloque no papel, a sua mente vai funcionar pensando sempre em atingir os objetivos da viagem. E os resultados podem ser sensacionais, ou não. Rs (sem julgamentos, por favor)

2.  PENSE EM QUANTO DINHEIRO VOCÊ TEM

Sim, você PRECISA saber quanto (média) você tem de dinheiro para gastar. E quando eu falo em dinheiro, estou falando em cash mesmo, dinheiro vivo. É fundamental que você tenha algum dinheiro em espécie, em mãos. É mais fácil resolver problemas que envolvam dinheiro, se você tiver em mãos “dinheiro vivo”. Fique alerta pra isso!

3. IDENTIFIQUE QUAL PERÍODO DAS FÉRIAS

Qual período do ano e quantos dias de férias, baseado no que você tem pra gastar? Tente equilibrar o período do ano em que os valores são mais atrativos com a disponibilidade que seu trabalho oferece. Verifique se não dá pra negociar alguns dias em períodos de baixa estação. Tudo é muito subjetivo e depende de seu modo de viver. Mas a dica que eu dou é: leia todo o resto do texto e volte para este tópico ao final. Os outros itens podem ajudar a clarear melhor este tópico.

4. AVALIE QUAL MELHOR TRANSPORTE

Os meios de transporte durante todo o percurso de viagem deverá ser pensado antes da reserva da hospedagem. É simples entender o por quê. Quando for procurar o local você precisará saber se a localização da pousada irá influenciar diretamente no conforto das suas caminhadas. Para ser mais clara, darei um exemplo: se você for alugar um carro, a pousada poderá ser em qualquer lugar, já que a autonomia do transporte estará assegurada. Se você for de ônibus, é importante se hospedar em um lugar estratégico para a mobilidade ser mais segura e confortável.

5. LEVANTE QUAL A MELHOR HOSPEDAGEM

Onde se hospedar? Procure o local e assegure pelo menos 1 dia de reserva para a chegada. Depois de instalado você poderá tranquilamente decidir se continua ou vai pra outro lugar melhor ou mais barato. Se as recomendações sobre a pousada, localização, e valores forem muito atrativos, recomendo você assegurar definitivamente todos os dias da sua trip nessa pousada. Caso contrário, tenha calma. Avaliação de hospedes é a primeira coisa que você deverá ler quando for procurar uma pousada em sites de reservas online de acomodações. Mesmo que você não tenha muita grana pra ficar em um lugar caro, você poderá filtrar pousadas muito atrativas, com preços justos e convidativos.

6. TENHA EM MENTE A HORA DA CHEGADA

Que horas chegará na cidade? Eu recomendo não chegar nos lugares no período da tarde. Tente ao máximo chegar em uma cidade que você nunca esteve antes, sempre no período da manhã ou início da tarde. Por que? Bem, podem ocorrer imprevistos. Mesmo que você tenha feito um planejamento muito perfeito, os riscos sempre irão ocorrer porque muitas das coisas envolvidas não dependem de você e sim de outras pessoas. E pessoas são tendenciosas a criarem problemas a todo instante. Então veja, se você chegar em dia claro e horário comercial, você terá tempo pra resolver todos os problemas sem perda de dinheiro, custos adicionais ou muito estresse. Tudo será mais fácil de resolver.

7. DESCUBRA A PREVISÃO DO TEMPO, CLIMA, MARÉ

Pesquisou sobre tábua das marés, clima, previsão de tempo? Se for praia, SEMPRE ficar atento a tábua das marés. Em praticamente todos os meus posts que falam de praia eu toco no assunto “tábua da maré”. Porque conhecer bem e saber ler a tábua da maré é essencial para que você aproveite de forma satisfatória as praias e as possíveis piscinas naturais existentes no local.

8. ESTRUTURE O PENSAMENTO

Eu recomendo que você coloque de alguma maneira tudo que tem em mente, em uma planilha ou em algum aplicativo de viagem. Eu não conheço ainda um aplicativo de viagem intuitivo e básico. E que dê liberdade ao viajante para colocar o que quiser apenas e depois gere um relatório com tudo que foi inserido. Então, por enquanto eu faço planilhas práticas e objetivas. Vou disponibilizar um modelo aqui pra vocês.

9. ESTUDE A SEGURANÇA DO LOCAL

Estudar a segurança do local/cidade/vila. Importante que você pesquise sobre o local. Ou através de jornais, ou através de pesquisas com amigos. Faça perguntas do tipo: É tranquilo lá no período da noite. Você viu policiamento nas ruas? Quais as regiões mais calmas? Mesmo que tenhamos que tomar cuidado em todos os lugares, é sempre bom saber onde a atenção deverá ser redobrada não é?

10. DESCREVA AS REFEIÇÕES DIÁRIAS

Pensou na comida? Na tabela proposta tem uma possível forma de colocar os gastos de alimentação para cada dia de viagem. Que valor você pretende gastar diariamente com comida?


Depois que você terminar de ler, pegue um papel e rabisque as respostas desses tópicos de forma sequencial. Ao final de tudo, você terá seu plano de viagem prontinho.


Tabela básica modelo para planejamento de viagem

Se quiser um plano de viagem mais robusto, eu recomendo pensar nos riscos envolvidos na viagem. Ou seja, qualquer evento que possa acontecer que vai influenciar ou alterar seu plano. Geralmente “risco”, as pessoas acham que tem a ver com eventos negativos, somente. Engano. Risco envolve eventos positivos e negativos. Vou listar aqui alguns para que fique mais claro na sua cabeça:

  • voo atrasar;
  • pousada ruim,
  • conhecer alguém que ofereça hospedagem grátis e vc já pagou a hospedagem;
  • perder a câmera fotográfica;
  • perder um vídeo ou fotografia porque estava emocionado e não se atentou pra configurar a câmera corretamente;
  • conseguir desconto na hospedagem e sobrar grana para algum passeio.

Enfim… dei só alguns exemplos de eventos que podem ocorrer em sua caminhada.

Grande férias pra você!!

Carol

Mochilão em Noronha

Quem quer ir a Noronha, sabe dos valores absurdos e tem um salário “modesto” se pergunta: Isso é possível??? Eu fiz demais essa pergunta. E sim, é possível e vale cada centavo no cofrinho.

Agora se você tem muita grana, possui muitas restrições em viagens e/ou não gosta de natureza, nem continue lendo esse texto. Não é pra você! 😉 Vá para a França!

Continuar lendo “Mochilão em Noronha”

Meu Roteiro de Viagem para Noronha

Duração da viagem: 9 dias
Período de execução: 19/09/2015 a 27/09/2015
Taxa de preservação: 51,40 por dia -> Total = 352,09
Taxa do Parque Nacional Marinho para emissão de carteira: 81,00 fixo
Pousada: 720,00 - Casa do Élcio do Açai
 Continuar lendo "Meu Roteiro de Viagem para Noronha"