Galeria

O Relacionamento entre Você, a Paisagem e a Fotografia

Dicas simples para boas fotos.

Muitas pessoas dizem para mim: “Nossa, Carol! Suas fotos são as melhores!” ou “You have a nice album”. Diante disso, resolvi dar dicas de como se relacionar bem com câmeras e paisagens. Nem vou falar de tipos de câmeras digitais porque isso você pode achar em abundância na internet. E sinceramente, eu acho que o modelo da câmera não é o principal. O que mais importa em uma foto é o bom senso e a vontade de deixar eternizado um momento especial para você. Muito importante isso, o momento deve ser especial pra você, não para os outros. Se você vai ou não divulgar aquele momento especial é outra história, mas uma fotografia só se torna espetacular se você exalar felicidade através do seu corpo ou através da própria paisagem em si.

“MAS EU NUNCA SAIO BEM EM FOTOS”

Talvez você ACHE que não saia bem nas fotos porque você não tem se preocupado em relaxar durante os clicks. Sorria! Relaxe seus ombros. Se você não se sente confortável em aparecer de frente, sente-se em um lugar e contemple a paisagem. Essas fotos na minha humilde opinião são as mais emocionantes. Espontaneidade é tudo!

“DIFICILMENTE UMA FOTO SAI LEGAL”

Sim, dificilmente a primeira foto sai perfeita. Fotografias são testes para paciência. É preciso gostar e ter paciência. É uma arte fotografar e posar para fotos. Mas, se você não quer fazer muito esforço, faça movimentos naturais e peça para o fotógrafo tirar várias fotos sequenciais. Uma delas vai sair foda. “Eu a garantiu!”

“SE EU ME PREOCUPAR COM FOTOS NÃO VOU TER TEMPO PRA CONTEMPLAR A PAISAGEM”

Depende do seu roteiro. Se você tiver apenas uma hora em um lugar, realmente vai ficar corrido. Mesmo assim, como eu disse acima, a própria contemplação já rende muitas fotos iradas. Aliás, eu sugiro fortemente que antes de qualquer foto, você tenha alguns minutos de observação do lugar e do momento que está vivendo. Esta observação do panorama te fará fazer fotos inacreditáveis.

“NÃO SEI FAZER POSES”

Tudo bem que você não seja igual eu que abusa das piruetas e que pratica yoga, ou não seja louco a ponto de se pendurar em uma árvore. Faça o que se sentir confortável. Mas se tiver vontade de se pendurar em uma árvore, também a faça. Jamais deixe de se divertir com receio do que os outros vão falar ou te julgar. Lembre-se que só o fato de você estar em um lugar foda, já vão falar. Então aproveite e seja inteligente, esqueça do mundo e se divirta como se você jamais pudesse voltar ali.

“TENHO MEDO DE PARECER PALHAÇO”

Por que esse medo meu jovem? Rs Rs Como eu disse, só o fato de você ter viajado já vai dar o que falar. Não há nada que você possa fazer contra isso. Se for o caso, pinte o nariz de vermelho e seja palhaço sim. Tenho certeza absoluta que quando rever as fotos você vai rir demais e ter a certeza que não perdeu nada, nenhum momento.

“SEU ÁLBUM É LEGAL”

Se você gosta de publicar fotos, como eu, tenha em mente sempre um público-alvo. Por exemplo, o meu público-alvo não são meus melhores amigos, mas sim todas as pessoas que gostam de fotografias de paisagens ou yoga. Essa é a minha vibe. E eu só sigo quem eu sinto que tem a mesma sintonia que a minha. Eu aprecio álbuns semelhantes ao meu. Se você gosta de ver pratos de comidas, bom, essa é a sua escolha. Mas é importante seguir um padrão mínimo no álbum para que não polua a visão dos seguidores. Mas veja, isso depende do tipo de seguidor que você pretende atingir. Se você quer que as pessoas fiquem sabendo da sua vida íntima, publique todos os seus passos diários. O importante é ser feliz!

“VOCÊ APLICA FILTROS NAS FOTOS?”

Sim, eu aplico filtros em todas as fotos e edito-as sempre que posso também. Uma boa edição é fundamental para que as fotos fiquem mais legais. Algumas câmeras boas já vem com vários filtros nelas. Tenha bom senso e cuidado nas edições. Deixe sempre o mais próximo a realidade, a não ser que você queira mesmo chamar atenção para o filtro ou para uma parte específica da foto. Aí vale a pena sobrecarregá-las de cores e tons. Tudo depende do seu objetivo.

“VOCÊ É FOTÓGRAFA?”

Não sou fotógrafa e geralmente quem tira as minhas fotos também não é. Somos todos apaixonados por fotografias, viagens e paisagens sensacionais. Por conta disso, já aconteceu de deixarmos a emoção tomar conta de nós e esquecermos de ajustar a câmera devidamente. A conclusão foi que perdemos fotos maravilhosas da dança dos golfinhos rotadores em Noronha. Esse é um risco que um viajante corre. 😛

Esse post está parecendo aqueles livros de autoajuda que encontramos nas livrarias. Dizem o que é óbvio, o que a gente está cansado de saber e sempre esquece na hora de executar qualquer ação, hahaha! Espero apenas te lembrar de ser mais feliz em uma foto, afinal uma foto vale mais que mil palavras! ☺

Beijos,

@carolpicanco_

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s